Risoto 4 Queijos com Nozes

Risoto 4 Queijos com Nozes

Eu falei que o blog era de receitas quase sem frescura, não falei? Pois então, essa é com frescura! Um risoto delicioso com muito queijo e nozes. Tem como ficar ruim? Anota tudo e corre pro fogão!

Ingredientes (2 pratos bem servidos)

1 e 1/2 xícara de arroz arbóreo ou carnaroli (não lave!)
Cerca de 5 xícaras de água quente com 1 caldo de legumes ou galinha
Cerca de 1 xícara de vinho branco seco
1 dente de alho amassado ou bem picado
1/2 cebola média bem picadinha
Fio de azeite para refogar
4 colheres de sopa de gorgonzola amassado grosseiramente
4 colheres de sopa de brie cortado em pedaços médios com a casca
4 colheres de sopa de mussarela ralada (ou em cubos pequenos)
4 colheres de sopa de parmesão ralado (de preferência não industrializado)
4 colheres de sopa de nozes picadas grosseiramente
1 colher de sopa cheia de manteiga
Sal e Pimenta do Reino (de preferência moída na hora) a gosto
Noz moscada (de preferência moída na hora) a gosto (cerca de 1 colher de café é suficiente)

Antes de tudo, as dicas:

– risoto é arroz ao ponto porém cremoso. O creme só se consegue com o arroz certo e a maneira de cozinhar, que requer paciência;
– use manteiga e parmesão de boa qualidade;
– não precisa usar um vinho muito caro, mas também não o mais barato. Use um vinho que você beberia.
– para mexer, use uma espátula ou qualquer outra coisa que você consiga ir mexendo e raspando o fundo. Isso ajuda na cremosidade;
– use uma panela de fundo grosso, nem que seja sua panela de pressão (você não precisará da tampa muito menos da pressão). Isso porque o risoto é um processo lento, então panelas finas fazem o fundo dele queimar. Se for fazer uma quantidade maior, use uma panela larga. Risoto feito em panela pequena não dá o ponto. O truque da panela de pressão comum só dá pra essa quantidade;
– fogo alto;
– o processo de cozimento do arroz é: uma concha de caldo e um gole de vinho por vez até quase secar e vai repetindo até terminar;
– pode ser que você não utilize todo o caldo;
– nunca lave o arroz para risoto, seja ele arbóreo ou carnaroli. O amido do arroz é importante para a cremosidade típica dos risotos.
– o ponto certo do risoto é arroz macio mas não mole e cozido demais;
– risoto de um dia pro outro fica seco e horroroso, então faça sempre a quantidade para uma refeição apenas

Como Fazer

Coloque uma panela com a água e o caldo de legumes ou galinha para ferver.
Pegue sua panela com fundo grosso, coloque o fio de azeite e refogue a cebola até ela muchar, então coloque o alho e refogue rapidamente.
Junte o arroz e mexa bem por cerca de um minuto. Agora você vai começar a colocar o caldo, então ele tem que estar fervendo. Na primeira vez, coloque duas conchas e um bom gole de vinho, além do sal e da pimenta, e vá mexendo e raspando o fundo com a espátula sem parar. Começou a secar esse caldo, repita o processo, mas agora uma concha de caldo por vez, sempre com um gole de vinho junto (que vai pra panela, não para sua garganta! rs). Mexendo e raspando sem parar até quase secar.
Quando perceber que o arroz está amaciando, coloque o gorgonzola e a noz moscada. Continue o processo normalmente e, de vez em quando, experimente o arroz para saber como ele está cozinhando e quanto precisará de caldo e vinho ainda.
Quando achar que o arroz chegou ao ponto, que é macio mas não mole demais e cremoso, coloque todos os outros queijos e mexa bem por 1 minutinho. Desligue, junte a manteiga e as nozes, misture muito bem e está pronto! Sirva imediatamente. Esse é um risoto que fica bom servir com uma carne grelhada. Medalhões ou bifes altos de filé mignon, grelhados apenas com sal e pimenta, combinam muito bem. Enjoy! : )

Quer outra opção? Veja esse risoto de linguiça fresca com ervilhas.

 

Comente!

Os comentários são super importantes para a troca de experiência e serão respondidos com o maior carinho. Por favor, educação e critério!

Vou moderar rapidinho e logo seu comentário aparece. Obrigada!