Salmão grelhado com molho tarê

Salmao com molho tarê

Comida de babar, de comer com os olhos!

E não é nada difícil fazer.
O salmão tem alguns segredinhos no preparo, então leia as dicas lá de baixo antes de começar e maos à obra!

Ingredientes do salmão (para 2 porções)

2 postas de salmão
Água quente
Fio de azeite
Sal
Pimenta do reino

Ingredientes do molho tarê

150 ml de shoyu (uso o light porque tem bem menos sódio)
6 colheres de sopa de açúcar mascavo (uso o escuro)
2 colheres de sopa de gengibre ralado
1 colher de sopa de maisena
4 colheres de sopa de água

Acompanhamento

Arroz branco pronto
3 colheres de sopa de gergelim (eu gosto do preto, mas pode usar o dourado) que você vai dar uma leve tostada em frigideira antiaderente por 1 ou 2 minutos. Começou a estalar, tá bom.

Como fazer

Prepare primeiro o molho tarê.

Coloque no fogo baixo o shoyu e o açúcar mascavo e mexa bem até o açúcar dissolver. Quando começar a ferver, adicione o gengibre ralado e a maisena dissolvida em 4 colheres de sopa de água. Aumente um tiquinho o fogo e deixe ferver por uns 5 a 10 minutos, dependendo do seu fogão. Você vai saber quando ele estiver bom. Se achar que tá grosso demais, coloque mais um pouquinho de água e deixe retomar a fervura. Desligue, coe e tá pronto. Fácil e delicioso!

Agora prepare o salmão.

Tempere as postas de salmão com sal e pimenta do reino. Pegue uma frigideira grande com tampa, regue com um bom fio de azeite, deixe esquentar bem e coloque as postas de salmão. Deixe ficar bem dourado embaixo, vire e doure a parte que estava pra cima. Vire novamente (com a pele para baixo), adicione cerca de meio copo de água quente, abaixe o fogo e tampe a frigideira. Vá observando o cozimento do salmão, principalmente se as postas forem altas demais como eram as minhas. Se forem você terá que ir adicionando água até que a parte do meio de cada posta esteja bem cozida.
Quando achar que o salmão está cozido no meio, destampe a panela, aumente o fogo e deixe a água secar até as postas começarem a “fritar” novamente. Desligue o fogo, coloque numa travessa bonita, regue com o molho molho tarê e parte pra mesa! Sirva com arroz branco (ou, se gostar e tiver panela de arroz, faça arroz japonês porque combina que é uma beleza!) salpicado de gergelim tostado.

Dicas

– postas de salmão muito altas feitas em frigideira tostam mas não cozinham no meio, se você não fizer o processo descrito acima. Não vá colocar sua receita a perder descobrindo só na mesa que o meio da sua posta de salmão está cru!
– na hora de fazer o tarê, experimente e se gostar dele mais “apimentadinho”, mais forte, aumente o gengibre.
– eu falei para adicionar mais água ao molho tarê caso ache, no final, que ele ficou muito grosso, mas você também pode adicionar um gole de sakê para cozimento. Fica bom demais!

4 comentários em Salmão grelhado com molho tarê

  • Lets  disse:

    como faz para experimentar esse prato feito pela própria dona do Blog?

    • ~ Renata - Tá Bom de Sal? ~  disse:

      Vc pode mandar uma cartinha pra porta da esperança ou pedir pro papai do céu. rs Beijo, Lets!

  • Zeni  disse:

    Nosssssssa!!! O salmão parece delicioso. Tem tudo que amo, e o melhor é não ter alho rsrsrs.Parabéns pelas receitas Rê.Bjs

    • ~ Renata - Tá Bom de Sal? ~  disse:

      Tia, faça porque é mesmo uma delícia! E rapidão. Beijo.

Comente!

Os comentários são super importantes para a troca de experiência e serão respondidos com o maior carinho. Por favor, educação e critério!

Vou moderar rapidinho e logo seu comentário aparece. Obrigada!